Quando você ensina, transmite. Quando você educa, disciplina. Mas quando evangeliza, salva. A. R.

segunda-feira, 7 de março de 2011

Ramatis.


Ramatis na sua encarnação na antiquíssima Atlântida. em que foi um sarcedote Aumbandhã, trajando indumentária ritualistica dos Mestres Inicádos dos Templos da Luz. A Mitra no alto da cabeça simboliza a predominância e a libertação do Eu Superior diante do jugo dos sentimentos inferiores e do ciclo carnal.
Ramatis conquistou autonomia de movimentação no oceano interminável do Universo, sendo verdadeiro pescador de almas.
Acompanhou agrupamento espiritual transmigrado de outro orbe, trazendo os conhecimentos ocultos da milenar Aumbandhã - Lei Maior divina ou Sabedoria Secreta, setenária e esotérica -, de outras constelações do Infinito Cósmico. Contribui, ininterruptamente, para a evoluçào e conscientização Cristica da humanidade desde então.

RAMATIS
... Sério, mas de semblante delicado e sereno, guarda a conhecida aparência do rosto inesquecível, a fisionomia afetuosa, juvdenil e tranquila.
Ramatis é um mestre, um iniciado que convive no orbe Terrícola ha mais de 40 mil anos, desde a antiquíssima raça vermelha, da Atlântida, que deu origem às demais raças primárias, na composição da etnia terrestre.
Há muito teve sua libertação do ciclo reencarnatório, em outros Planetas, vindo para a Terra em transmigração missionária, acompanhando um grupo de Espíritos exilados.
Espírito puro, trabalha incessantemente e ativamente com a evoluçào da humanidade terrena, danod embasamento às filosofias Espiritualistas que se formariam posteriormente. Portanto, uma entidade missionária com tal evolução encontra algumas "dificuldades" para manter o intercâmbio mediúnico através do corpo astral, em decorrência de seu elevado padrão vibracional. Mesmo que o médium trabalhe assiando-se ao corpo mental da entidade comunicante e, consequentemente, a seus pensamentos e sentimentos, encontrará impedimentos à captção mediúnica, já que está circunscrito ao corpo físico e "aprisionado" aos limitados sentidos materiais.
Por isso Ramatis consegue se comunicar mais facilmente, e com maior número de discípulos, de maneira concomitante, fugindo a nossa concepçãp de tempo e espaço.
Ramatis já está livre de sua vestimenta Perispiritual, utiliza-se desse corpo intermediário apenas em incurções Umbralinas - Embora, na maioria da vezes, nào possa se visto -. quando, amavelmente, coordena trabalhos de caridade e de resgate aos irmãos sofredores e escravizados pelas organizações trevosas ou quando deseja mostrar-se aos encarnados videntes. Nestes casos, se faz sentir o forte magnetismo que o envolve e o amor imensurável que dedica a humanidade.
Fonte: Chama Cristica - Ramatis - psicografado por Norberto Peixoto
A vida de Ramatis

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por sua mensagem. Será publicada após aprovação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...