Aguardando seu contato

domingo, 10 de maio de 2015

Jesus e a Maternidade

O espirito de Amélia Rodrigues no livro Há Flores no Caminho psicografado por Divaldo Pereira, nos traz passagens da vida de Jesus.
Ela nos diz que As mensagens de Jesus eram doces e enérgica Aqueles que O ouviam renovavam-se e eram passadas de boca a ouvidos, assinalando o início da comunicação elevada pelo impregnar do amor.
Quando foi para falar de amor para a humanidade, Jesus não mandou ninguém, veio pessoalmente.
Numa noite após a pregação de Jesus, as pessoas comeram a se distanciar lentamente em retorno a suas casas e O Mestre da mesma forma se distanciou para um lugar silencioso onde pudesse entrar em meditação e coração 
Uma mulher se aproximou de Jesus, depois de se desculpar disse:
Sei que Tu vens de Deus e posso perceber-Te a grandeza que nos fascina e emociona...
- Senhor que fazer para viver a felicidade?
O Mestre com seu olhar sereno respondeu veja ao  redor as plantas floridas, as arvores cheias de frutos a relva verde. São Dadiva Divina que nos traz paz e equilíbrio ,mostrando que tudo se renova.
A mulher disse: 
- Sei da Grandeza Divina , mas cometi um delito e desse nasceu-me um filho, que  no momento constitui-me desespero e inquietação.
Jesus interrompendo a mulher falou amorosamente:
  A mulher é sempre mãe.
Quando a mulher é abençoada por Deus, pela maternidade, um filho é sempre uma estrela engastada (embutida) na carne, com a oportunidade de espalhar claridade pelo caminho.
Enquanto houver, na Terra, crianças e mães, o Amor Divino estará cantando esperanças para a Humanidade.
Não existe filho do equívoco, do delito ou do pecado. Todos eles são dádivas da Vida à vida.
Esquece as circunstâncias em que te chegou o anjo que te bate à porta do sentimento. Levanta-te com ele, avançando no rumo das estrelas.
A mulher, emocionada, procurou os olhos de Jesus, por entre a nuvem de lágrimas que encobria sua visão.
Levantou-se com uma discreta reverência, e preparou-se para partir.
Ela não saberia dizer se O ouviu falar ou se O escutou no imo d’alma.
"Vai filha, e ama."
"A maternidade é a mais elevada concessão (permissão) de nosso Pai, demonstrando que o mal jamais triunfará no mundo. Porque, enquanto houver um coração de mãe, um sentimento maternal, na Terra, o amor ateará (lançará) o fogo purificador e a esperança de felicidade jamais se apagará."
                                                      ***
Sabemos que nossas lutas, sao grandes batalhas, mas todos temos a intuição de qual caminho seguir.
Que Deus nosso Pai nos dê forças para segui-Lo, com uma fé raciocinada, estudando, entendendo tudo o que estamos lemos, questionando, buscando respostas, pois com o conhecimento teremos uma existência não somente vivida mas compreendida e o nosso fardo se tornará mais leve.
Um domingo de muita paz para todos nós. Feliz Dia das Mães.
 Elaine Saes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por sua mensagem. Será publicada após aprovação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...