Aguardando seu contato

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Educar os filhos


Relacionamento entre Pai e filhos
Tornou-se frequente a procura por receitas da melhor maneira de educar os filhos, como se isso fosse possível. No relacionamento entre pais e filhos, existem muitas variáveis que devem se consideradas, tais como a idade, o nível de compreensão, o ambiente doméstico, o grau de entendimento entre pais, só para citar algumas.
comunicar-se com os filhos é uma tarefa difícil e complexa, porém, na maioria das vezes, agradável, pois permite aos pais acompanhar seu crescimento físico, intelectual e emocional. No início, a comunicação se caracteriza pela total dependência dos filhos em relação aos pais e, com o passar do tempo, esta vai dando lugar sabe a uma maior autonomia. Quem tem mais de um filho sabe o quanto um pode ser diferente do outro. Um é mais tímido, carinhoso, calado: outro mais briguento, zanga-se com facilidade; outro pode ser engraçado, criativo, etc. filhos diferentes exigem cuidados diferentes e formas diferentes de se lidar com eles, mesmo que tenham o mesmo tipo de dificuldades. Enquanto um pode pedir ajuda em tudo o que faz, comentar todo o seu dia a dia, o outro pode se trancar no quarto e não querer conversar até que tudo passar. São estilos diferentes, nem melhore, nem piores, apenas diferentes. Os pais podem e devem procurar a melhor maneira de se relacionar com cada um de seus filhos, evitando as comparações, que são sempre prejudiciais. É importante conhecer as particularidades de cada um deles, pois quanto mais sabemos como nossos filhos são, mais facilmente poderemos reconhecer mudanças significativas em seu comportamento que possam indicar algum tipo de dificuldade. E, quanto mais o filho sentir afeto e a segurança de seus pais, mais facilmente aceitará a ajuda deles.
Concluindo: colocando-se na perspectiva de seus filhos é que os pais escolherão a forma pela qual vão se comunicar com eles. De maneira geral, independentemente da fórmula adotada, é importante ser sincero, usar linguagem adequada à idade dos filhos e, principalmente, abrir caminho para que o relacionamento com os filhos seja um relacionamento de pessoa para pessoa.

Por Por Eliza Helena Ercolin 
Agradecimento a querida Andrea Cinachi Torres

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por sua mensagem. Será publicada após aprovação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...