Aguardando seu contato

domingo, 17 de maio de 2015

Prece - A prática da Oração - aula IV

Minhas aulinhas não terão faixa etária, a linguagem deverá ser adaptada às crianças que estiverem em sala,o importante deverá ser a mensagem transmitida sobre o tema proposto.
Sempre após as perguntas é importante ouvir as respostas, e depois complementar,  o importante das aulas não é quantidade de informações, mas sim, que as crianças compreendam a mensagem.Frequentemente se fará necessário repetir, determinados assuntos, Isso será da intuição do evangelizador, conforme sentir o conhecimento e inclinações dos aluninhos.

Relembrando a aulinha anterior colar no quadro frases em forma de pergunta:

1- O que é Prece?
2- Agrada a Deus a Prece?
3- Em nossa Prece devemos agradecer a Deus por tudo que ele nos dá?
4- O que Deus nos dá que devemos agradecer?
5- Em nossa Prece devemos pedir ajuda a Deus quando temos alguma dificuldade?
6- Quando fazemos Prece Deus sempre atende ao nosso pedido?
7- Pode-se fazer Prece pelos animais?
8- A Prece torna o homem melhor?
9- Devemos fazer Prece somente quando a mamãe ou o papai manda?
10- Como dever ser a Prece para que ela chegue até Deus?

Contar a historinha : Brincadeiras

Eduardo gostava muito de ir à escola. O que será que a professora - a senhora Cleide - iria ensinar? Mal entrou na sala de aula e ela foi falando:

- Crianças, hoje vamos brincar!

A alegria foi geral.

- Prestem bastante atenção! - e começou explicando a primeira brincadeira.

Ela mostrou o apagador e o deixou sobre a mesa, pedindo que observassem bem. Depois colocou uma venda nos olhos de Eduardo, que estava Do outro lado da sala, o fez girar algumas vezes e pediu que procurasse o objeto. Que dificuldade! As outras crianças gritavam:

Está quente! Está frio! - conforme Eduardo se aproximava ou se afastava do apagador.

Até que finalmente conseguiu!

Todos quiseram enfrentar o desafio de procurar o apagador com os olhos vendados. Em seguida a senhorita Cleide afastou as cadeiras e desenhou um oito bem grande no chão.

- Vocês deverão andar sobre est linha que desenhei no chão.

Eduardo pensou:

- Ah! Esta é fácil!

Mas a professora completou:

- Com um pé só!

 Foi uma confusão! Quase todos perderam o equilíbrio e caíram. Risadas e reclamações se misturavam no ar:

Então a senhorita Cleide deu uma bala a cada um e disse:

- para desembrulhá-la vocês só podem usar uma das mãos.

Que algazarra! Alguns, impacientes diziam:

- Não consigo! Professora!

No final da aula a senhorita Cleide perguntou o que haviam achado das brincadeiras. Todos gostarM, mas alguns observaram:

- Foi difícil andar sobre a linha pulando num pé só!

- É! E procurar o apagador de olhos fechados também! - diziam outros.

- Eu não consegui desembrulhar a bala usando só uma das mãos - queixou-se Eduardo.

Então a professora concluiu:

- Sentiram como nossos olhos são importantes e bons! E ter duas pernas para caminhar, duas mãos para desembrulhar balas...

As crianças ouviram atentas. A senhora Cleide perguntou:

- Quem nos deu olhos, pernas, mãos?

- DEUS!!! - responderam em coro.

- Nada mais justo do que agradecer a Ele por tudo, não é? Vamos dizer-Lhe isso numa Prece:

Muito obrigado Deus querido, por nossos olhos, por nossas mãos e pernas.

Eduardo chegou em casa faminto. lavou as mãos e sentou-se à mesa para comer. Ao pegar os talheres murmurou baixinho:

- Muito obrigado, Deus bondoso, pelas minhas mãos!

ATIVIDADE : Desenho Livre.

Autor desconhecido 
Extraído da apostila Evangelização infanto-juvenil - jardim C - ed Aliança.

Aula ministra na Casa da Prece Jesus nos Guie

Elaine Saes





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por sua mensagem. Será publicada após aprovação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...